Heidi Levasseur mantém o percurso

Heidi Levasseur mantém o percurso

Le Nouvelliste -

Louis-Simon Gauthier -

Trois-Rivières – Já não é uma questão de saber se ela vai realizar seu sonho, mas quando ela vai. Em um mundo ideal, a Heidi Levasseur cruzará o Oceano Atlântico em dezembro de 2018.

Ainda lhe resta vários meses para levantar o dinheiro necessário, mas também para recrutar as pessoas certas. Por outro lado, no seu caso, o mais rápido será melhor. “Eu tenho trabalhado neste projeto por três anos e ele vem com uma imensa logística. Eu nunca cheguei a um desafio dessa magnitude antes.

“Esse desafio tem um preço: cerca de US $ 1 milhão!

Repensar o itinerário

Desde 2009, a Sirene do Québec realizou uma dezena de desafios no rio São Lourenço, no rio Saint-Maurice, no rio Ottawa, no lago Saint-Jean e no rio Saguenay. é outro par de mangas.

A famosa nadadora ficaria na história se alcançasse seu objetivo, tornando-se a primeira mulher a cruzar dois continentes do outro lado do Atlântico.

Source : Le Nouvelliste

Fechar Menu
×

Carrinho

Carrinho